Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Quando o Amor necessita de estar vivo...

...recomeçamos Novos Trilhos!

Serra da Peneda

4 comentários:

Angel of Light disse...

Bem, Lucy, os meus filhos ficariam loucos se fossem à Serra da Peneda!!! Não conhecemos, mas com tantas pedras...iu, iu... Quando vamos passear, estão sempre a perguntar-nos se há pedras para subirem e nessa serra, pedras é que não faltam... As fotos estão magníficas e a paisagem é linda. Realmente o nosso país é mágico e tem tantos recantos encantados. Obrigada por nos trazeres esses mesmos recantos onde o Amor necessita de estar vivo... até ao conforto do lar.

Beijinhos de Amor e Luz!

Lucy disse...

Olá Angel,

Nem acreditas como a serra da Peneda tem os seus encantos com aqueles pedregulhos todos!? Só visto! Os teus filhos iam adorar mesmo. Costumo andar por lá com duas crianças e elas adoram. É nas montanhas que encontro o meu alimento. Como já há um mês que não saio, ando com falta de ar...

Um beijinho para ti, doce Angel.

Agulheta disse...

Lucy! Quem conhece os recantos desta serra, sabe o gosto e o sentir da natureza em todos os seus poros,o cantar da água pela ladeira abaixo,a neblina do alto,já lá passei por várias causas,em desporto pesca)pelo passear e conhecer,mas o pior para mim,foi o trabalho duro e persistente,quando a serra começou a arder pela mão criminosa?tem lá algum suor do rosto.
Beijinho bfs

Lucília Ramos disse...

Ser bombeira e amante da natureza tem estes inconvenientes, Lisa. Perdemos muito do que amamos, mas tudo se renova e recria.

Eu também gosto muito de passear pela Peneda e sempre que posso dou lá um saltinho. Falta-me, às vezes, a companhia para semelhantes passeios.
bom fim de semana, tb e bjs,
Lucy