Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

terça-feira, 13 de outubro de 2009

De Porto de Mós a Alvados


Diário de uma viagem...

De Fátima até Porto de Mós e passagem para Alvados, onde pernoitei na Pousada da Juventude. Um lugar magnífico e solitário na serra. Uma Pousada novinha e confortável só para quem gosta de sossego, longe da 'confusão' de Fátima!

Nos arredores, o Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros e as grutas de Alvados, Santo António e Mira de Aire...




4 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Lugares cheios de tranquilidade, de sossego e de calma. Pedras regaladamente silenciosas. Aguarelas poéticas da Ausenda, bonitas. Um excelent post. Um abraço agradecido deixo.

Anónimo disse...

Passando para te deixar um beijinho, porque me apeteceu.
Vá lá, bochecha a jeito: Chuac!

Nuvem passando por aqui

(Fiquei a pensar nesse "lugar magnífico e solitário na Serra". Por acaso não há lá um rio, lago ou assim?

**+

utopia das palavras disse...

É um encanto para mim, ver-me assim abeirada no "Lago" de Dornes e pé-ante-pé poder esgueirar-me pelas ameias do Castelo de D. Fuas.Agradeço-te!

As tuas fotos dão outra dimensão aos lugares...e Porto de Mós não fugiu à regra! Magnífico!

Um beijo

Lucília Ramos disse...

Caros amigos: Edu, Nuvenzinha (que vai passando...) e Moira Encantada(como diz o poeta das 'águas',

só posso dizer: Que Deus vos abençõe!

Um abraço forte.
Lucy