Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Boas Festas!



Umas Boas Festas... muito estreladas... para todos os visitantes deste blogue!




Ainda por Vila do Conde, assistindo a um pôr-do-sol maravilhoso, mas que a máquina fotográfica deixou ficar mal... foi-se a bateria. 
Salvou-me o telemóvel, porque o paredão estava cheio de "estrelinhas do mar" contando segredos umas às outras.Um momento digno de registo!
As gaivotas faziam círculos, defendendo assim  o seu território habitual de observatório... entre o Rio e o Mar.
O farol, abrigo dos sem abrigo, pousada de gente, misturada de animais do céu e da água, lá vai resistindo a impulsos mais ferozes de um mar bravio.
E o pescador, lançando o anzol, com duas canas que bem podiam apanhar o peixe de água doce ou de água salgada - naquele ponto onde a terra acaba, o rio desagua e o mar começa... todos são um só.

Ah! O Sol! Pois, aquela bola redonda de fogo que dá um toque mágico e sublime a tudo quanto é ser vivente na Terra, a Luz que os nossos olhos mais querem ver mas nos cega de tanto esplendor, envergonhado de tanto elogio... escondia-se, devagarinho...! Num piscar de olhos deixava que a sua amada Escuridão fosse aparecendo, primeiro ainda tonta do calor, da luz do seu amante, mas aos poucos ganhando presença, mostrando todo o seu realce, as estrelas que poisavam nos seus cabelos, aquelas que eram companheiras de segredos das outras que poisavam a seus pés.    
Bem-vindos sejais, Luz e Escuridão, a todos os dias das nossa vidas!



6 comentários:

Carolina Tavares disse...

Gostei muito do texto e do modo como brincas com as palavras.
Das estrelinhas que conversam e que segredam, do farol que é segurança e que o mar beija e do Sol que aquece Portugal no inverno, desejo que aqueça-lhe a alma.

Um abraço natalino.

Astrid Annabelle disse...

Lucy!
Mudou o título do blog?
Ficou ótimo!
Dizer que está lindo digo sempre. Que amo suas fotos, igualmente.
Que gosto do que escreve, faz tempo que o sabes...agora sobre as estrelinhas!!!
"Num piscar de olhos deixava que a sua amada Escuridão fosse aparecendo, primeiro ainda tonta do calor, da luz do seu amante, mas aos poucos ganhando presença, mostrando todo o seu realce, as estrelas que poisavam nos seus cabelos, aquelas que eram companheiras de segredos das outras que poisavam a seus pés."
Absolutamente encantador!
Tenha um lindo Natal, um Ano Novo repleto de estrelas e alegrias!
No meio desse ano que vai iniciar estarei por aí lhe dando finalmente um beijo bem grande na bochecha!!!
Portanto 2011 promete!!!
Astrid Annabelle

Safira disse...

Olá!

Estavas bem inspirada ao fazer este post, amiga. Amei!

Um beijinho estrelado e um abraço para sempre, minha Lucce...;)

Lucília Ramos disse...

Minhas amigas: Carolina. Astrid e Safira,

As "estrelas" segredam sonhos, oxalá saibamos "ouvi-las" para sabermos como realizá-los.

Um grande abraço com um desejo de um Ano Novo muito confiante.

Lucy

Maria Paula Ribeiro disse...

Amiga,

Lindo, lindo, lindo!!!

Desejo de um grandioso 2011 e desejos de continuar a ver lindas fotografias!

Beijo e abraço

Maria Paula

Lucília Ramos disse...

Maia Paula,

Agradeço os votos e retribuo, que todos os novos anos sejam novos começos para a nossa evolução pessoal.
Beijinhos