Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

2008 - Por Terras de Bouro

NOVAMENTE NO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS

Gerês - por onde andei esfarelando caminhos, num período de dez anos esvoaçados no tempo.
Junceda - o refúgio das minhas horas mortas, dos gritos mal contidos no peito, dos segredos sussurrados pelo vento.

3 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Também gosto de te ler, Lucy.
A foto da gaivota está magnífica...
Beijo.
Eduardo

Eduardo Aleixo disse...

Claro que não é só a da gaivota, a da galinha, a da menina, e as outras! Desculpa o lapso!
E quanto a Torga...é uma das minhas paixões...duradoiras!
Beijo.
Eduardo

Dennys Reys disse...

Voltar a nossa essência e resnacer.