Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

domingo, 7 de fevereiro de 2010

O Azulejo em Portugal:

"Foi durante a ocupação árabe da Península que os povos ibéricos tomaram contacto com a cerâmica mural. O termo "azulejo" deriva, aliás, de uma palavra árabe (al zulej) que significa pedra lisa e polida."

"No final do século XVI surge uma transformação técnica que leva ao aparecimento do azulejo tal como o conhecemos hoje: uma placa de barro quadrangular com uma face vidrada lisa ou decorada com desenhos coloridos."

Fonte: O Azulejo em Portugal
http://www.oazulejo.net/oazulejo_frame.html



Pelas terras portuguesas abundam os azulejos, aqui fica uma pequena amostra:


 
A Arte do Azulejo em Portugal

AZULEJO é um elemento identificativo da Cultura portuguesa, revelando algumas das suas matrizes profundas:

1. A capacidade de diálogo com outros Povos, evidente pelo gosto por Exotismos em que aos temas de uma cultura europeia se misturam, por exemplo, os das culturas árabes e indianas.

2. Um expedito sentido prático, revelado no uso de um material convencionalmente pobre, o azulejo, como meio de qualificação estética dos espaços interiores dos edifícios e dos espaços urbanos.

3. Uma específica sensibilidade que em Portugal se orienta mais para valores de Sensualidade do que de Conceito, manifesta logo pela preferência de um material colorido, reflector de luz, pela expressão imediata da pintura, e a escolha das próprias imagens mais centrada na descrição do real.

http://cvc.instituto-camoes.pt/azulejos/azulport.html

 

2 comentários:

Agulheta disse...

Lucy. Adoro ver panéis de azulejo português,ainda a pouco tirei umas fotos de uma igreja em Santa Maria Adelaide,é um assombro,aqui em Fafe temos um painel numa fonte na Praça principal que é muito lindo,um dia coloco no blog para verem.
Beijinho amiga da Lisa

Eduardo Aleixo disse...

São lindos, Lucy. E a música, também. Um abraço.