Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

terça-feira, 16 de junho de 2009

Marchas Antoninas 2009 - V.N.Famalicão

Este ano, pela primeira vez, fui até ao estádio de futebol de Vila Nova de Famalicão para assistir ao desfecho das Marchas Antoninas. O desfile é feito pelas várias ruas de Famalicão e termina no estádio, onde se encontra o palanque com o júri.


Foram treze as marchas concorrentes e, escusado será dizer, que assistir a tão bonito espectáculo popular, nos leva pela noite dentro..., passava das 2 h da madrugada quando abandonei o estádio, mesmo sem saber qual a marcha vencedora e sem assistir à fadista que iria entreter o público até ao resultado da votação.

Mas valeu a pena, foi um autêntico espectáculo de cor e alegria, proporcionado pela indumentária, pela música, pela coreografia, pela dança, pelo fogo de artifício e pelos balões subindo na noite..., não esquecendo o imenso amontoado de gente que ocupou uma ala da bancada, na sua totalidade.

Passei horas comprimida no meio da multidão, mas foi uma experiência fraterna, no "chegue-se p'ra lá, deixe sentar mais aquela senhora". Além de divertida, pois há sempre uns "parceiros bem cómicos" (quase cromos...!?) que fazem a locução em directo.
Um rapaz, ao meu lado, fez a delícia dos ouvintes ao gritar com voz de falsete: - Ó Lagoa! Ó Lagoa!... todo o mundo sorriu ternamente.
Também, colada a mim, estava uma velhinha que abanava a sua bandeirinha a torcer por Avidos, e ficou ali, de pedra e cal, até ao final da festa.
Recordo com ternura o convívio com esta gente do povo, o meu povo predilecto!

E foi mesmo a Marcha de Avidos a ganhadora das Antoninas de 2009.
Um enorme coração encabeçava os noivos e o Santo António dava-lhes a benção.

O tema da Marcha Avidos: "OS NAMORICOS DE SANTO ANTÓNIO"

Refrão:

Toma lá beijinhos
E dois abracinhos
Vem comigo hoje
Pr'a rua dançar
E se tu quiseres
Logo que puderes
Pedimos ao Santo
Para nos casar

Toma meu amor
Este manjeirco
Como diz o verso
No cravinho de papel
Tem de Santo a benção
E já todos pensam
Que esta Maria
É deste Manel





Uma marcha diferente, ao ritmo de "Charleston Swing Dance" - RIBEIRÃO



22 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Parabéns, Avidos. Os versos são bonitos. Foi com muito prazer que vi o colorido, os trajes, os foguetes, os balões, as saias verdes e imaginei a beleza dos cantares e a ternura que com tanta ternura a Lucy pôs na descrição desta tradição popular.
Obrigado por mais este bonito post.

Agulheta disse...

Lucy.Adorei ver toda esta descrição das marchas de Santo António, nunca foi ver,e não é assim tão longe,mas de uma certa forma não sou muito de festas,mas estive a ver as de Lisboa na tv.era bom que as Tv,viessem ver o que se faz fora de Lisboa e dar a conhecer o trabalho e tradições doutras terras.Pelas palavras no blog,ficaram no coração.Quando vieres para estes lados diz.
Beijinho

utopia das palavras disse...

Depois da caminhada camiliana, nada melhor que um pézinho de dança na marcha antonina!
Dás-nos tudo, amiga! Aqui a cultura é à discrição, basta servirmo-nos...e eu vou daqui muito satisfeita de barriguinha cheia!

Beijinho

Anónimo disse...

Que agradável é vir a este verdinho, ver a vida a pulsar de alegria nestas imagens, reportagens e nesta música...mas a música faz uma pessoa querer dar uns saltinhos e isso aquece mais ainda... :)

Beijinho e me vou a saltar(só um pouquinho)
Branca

Lucília Ramos disse...

Eduardo,

Um poeta invejando uns versinhos populares!?

Estou a brincar! Viste por ali a Maria da Fonte mais o seu Zé? - Estavam os dois de cantarinha.
Espreita bem!

Beijoca

Lucília Ramos disse...

Olá Lisa!

Então a menina prefere ver na TV do que ao vivo? Vinhas até, cara amiga!

Para o ano, vou lembrar-te e, ainda nos havemos de rir de alegria com toda esta música e cor.

Está atenta que vou colocar aqui muitas 'bandas' de bombeiros, entre elas a de Guimarães. Vê depois se conheces o teu pessoal.

Beijinho.

Lucília Ramos disse...

O nome que me veio à cabeça foi "Musa" - Ausenda,

Pois bem podes ir preparando mais um espacinho na barriguinha para um cortejo histórico, que virá de seguida.

Sou uma mulher de festas populares - e nelas reside muita 'coltura'.

Beijo

Lucília Ramos disse...

Minha Branca anónima,

Já sabia que ias ser a fã da música, não tivesses tu um dom de ouvido bem refinado e um pezinho sempre a mexer...

Já ouviste este blues: Lucille?
Tão engraçado!

O teu blogue tem uma imagem de cabeça, fantástica - lindas cores!

Te vollo benne.

Lucília Ramos disse...

Olha, Branquinha, já reparaste nas bolas no céu? Pois fica sabendo que a máquina foi mesmo a estrear para estas marchas. Dizem que é da poeira da lente, do desgate, tal e tal, mas olha, mal virei a máquina, lá estavam as 'orbs' à minha espera. Então fiz uma experiência com o rapaz do meu lado: focávamos os dois a mesma imagem para ver o que saía - na minha as bolas, na dele, nada - tudo limpinho. Dizia-me ele: "A sua máquina não está boa, vá lá reclamar" - mal ele sabia que não há máquina que pegue que não me aconteça disto. Esta é a quarta máquina digital, desta vez mais cara, melhor marca, etc, na qualidade digital.

Já dei cabo de uma HP - a que apanhava os 'fantasmas' todos.
Depois peguei na do Gustavo, uma Sony, de seguida noutra HP, mais completa, do Renato, e agora, esta Nikon. Pois as bolinhas ali andam todas - já viste umas bem azuis? Repara bem!

Até... vou ao cinema.

Anónimo disse...

Sabes Lucy, às vezes vou ao Círculo Carmesim e ontem ou onteontem vi lá uma fotografias com orbs e eles referiam-se aos orbs com toda a familiaridade. Volto lá e se encontrar mando-te.
Pois é, estou como anónima, mas tenho 5 blogues, até dá vontade de rir. Só um está "desiliminado".Quando aprendi a fazer blogs foi um a ver se te avias, mas palavra de honra que foi sem querer.
Bom filme!

Fernando Lima disse...

"Sê mais esperto do que os outros, se puderes, mas não lhes digas isso"
Philip Chesterfield (1694-1773)

Para os 4 membros do júri que avaliaram as marchas antoninas 2009, especializados em marchas, que de certeza absoluta, viram e ouviram as inúmeras marchas vitoriosas do bairro alfacinha de Alfama ao longo da última década, aqui vai um tónico para lhes avivar a memória. Para muitos, buscar inspiração é copiar. Assim, o caminho fica facilitado.
E tudo se torna mais fácil, quando somos avaliados por um júri com sintomas de Alzheimer. Bom, mas tudo é muito normal num país onde impera o facilitismo.
Enfim, são as chamadas novas oportunidades.
Não é preciso ser inteligente, basta ser esperto.

Marcha de Alfama 2007 (vencedora das Marchas de Lisboa desse ano) versus Marcha de Avidos 2009 (vencedora das Marchas Antoninas de Famalicão – 2009)
Para não falar da música que é uma cópia integral, e da coreografia que é uma colagem parcial, tentem descobrir as enormes diferenças do refrão:

Marcha de Alfama 2007

Toma lá beijinhos e dois abraçinhos
Vem comigo hoje p’ra rua, quero dançar
E se tu quiseres, logo que puderes
Pedimos ao Santo para nos casar.
Toma um manjerico, que este namorico,
Como diz o verso num cravinho de papel,
Tem do Santo a bênção e já todos pensam
Que esta Maria é deste Manel.

Marcha de Avidos 2009

Toma lá beijinhos e dois abraçinhos
Vem comigo hoje p’ra rua, quero dançar
E se tu quiseres, logo que puderes
Pedimos ao Santo para nos casar.
Toma meu amor este manjerico,
Como diz o verso num cravinho de papel,
Tem do Santo a bênção e já todos pensam
Que esta Maria é deste Manel.

São muito diferentes, não são?

Agora pergunto:
Para quê procurar originalidade, queimar os neurónios, se a 300 km a sul temos todas as ferramentas de que precisamos?
Como seria bom que todas as marchas de Famalicão fossem clones das lisboetas. Sem dúvida que a qualidade aumentaria.

Abraço
Fernando Lima
Famalicão

Lucília Ramos disse...

Amigo Fernando,

Fiquei realmente surpreendida com tal 'clonagem'!!! Mas que júri incompetente!?

Como não pertenço a júri de nada, fico-me pela maravilha da observação de um espectáculo que me emociona, pela boa vontade de um povo a exprimir-se.

Não valorizo 'prémios' nem 'medalhas' - mas sim corações abertos ao simples prazer de uma caminhada (neste caso, marcha!) - e que bem eu me senti em apreciá-los.

Parabéns a todos os colaboradores das marchas, porque enriqueceram 'alguns corações', ainda que não tenham tido Santo António a benzê-los, nem versinhos de algibeira a satisfazer júris viciados.

Vivam todos os trovadores, verdadeiros príncipes em beleza e charme, tal como todos os aldeões com bilhas no regaço - ainda que o coração ficasse invisível..., mataram a minha sede de poesia ao vivo e a cores.

Apreciei o seu comentário pela denúncia de uma situação que eu não imaginaria possível.


Um abraço,
Lucília Ramos

Anónimo disse...

muito bom dia a todos
antes demais toda a gente diz que marcha de avidos fez um plagio. está mal porque plagio quer dizer copia na integra.
repararem na coreografia da marcha de avidos e de alfama e depois digam se foi um plagio, vejam as duas do principio ao fim. as roupas ponham uma foto lado a lado de cada marcha e digam se são mesmo iguais.
e nas marchas de famalicão ja é normal irem copiar ou tirar ideias a outros lados
senão reparem
o arca - levou uma marcha com fado, lisboa ja o fez por varias vezes, a letra dessa marcha oi tirada de marcha de são vicente 1996 "vai São vicente a passar", quando a arca levou marinheiros quantas vezes o lisboa já o fez, quando a arca levou uma marcha com imagens de cantores, escritores etc..., quantas vezes lisboa já o fez, quando o arca levou a tourada no ano do temporal, quantas vezes lisboa já o fez e por mais engraço da segunda vez que as marchas foram representar nesse ano houve uma que imitou o arca e até se saiu bem melhor que eles.
calendário no ano do temporal donde vinham os arcos com o tema das mil e uma noites? vieram de Lisboa, bem como o tema
quando levaram o tema pão de santo antónio, quantas vezes lisboa o fez? donde vieram os marchantes, ensaiador, coro? (Povoa de Varzim)
este ano meia duzia de marchantes e quem cantava vinha de onde? povoa de varzim
já agora na marcha de avidos donde foi copiado o carrinho?, donde foi copiada a popularidade da marcha pela rua?
no dia das marchas quando estava na bancada até me assustei a certa altura vi muita gente a levantar-se e a ir embora pensei que era o temporal novamente, mas não era a marcha de avidos que tinha acabado de atuar e apesar de ser a 5 marcha em 13 concorrentes muita gente ja se ia embora.
as pessoas têm medo de quê afinal? da marcha de avidos que nestas 5 edições em que participou esteve sempre com exibições excepcionais?
não tenham medo o povo de avidos tem um coração grande como o que levou este ano e não faz mal a ninguém.
o não saber perder é no que dá.
abraço e até um dia
ps. se avidos para o ano for outra vez mesmo que seja copiada a ideia de outras marchas eu estou lá para bater palmas e gritar por eles

Lucília Ramos disse...

Amigo Anónimo de Avidos,

Aprecio o seu bairrismo, demonstrando muito amor à sua terra. Acho que fez bem em falar da sua sentença. Afinal já tudo foi inventado... o importante agora é participar.

Que o "Coração Grande" da vossa terra esteja sempre presente, inclusive em compreender os mais insatisfeitos com os resultados da votação.

As marchas estiveram admiráveis ao olhar de corações singelos, façamos proveito disso e deixemo-nos de querelas em torno do assunto.

Viva a festa popular!

Um abraço,
Lucília Ramos

Anónimo disse...

muito bom dia cara Lucília Ramos
escrevo aqui para a convidar para no ano 2010 poder assistir e tirar fotos dos ensaios da Marcha "Unidos de Avidos" e da construção dos arcos, roupa e acessórios.
para assim se quiser publicar as fotos e mostrar a união de um povo em torno de uma marcha
A marcha dos "Unidos de Avidos" agradece a todos os quantos a apoiam, obrigado
Hugo Silva Fernandes

Anónimo disse...

Bom dia Lucilia

Gostaria apenas de agradecer a forma delicada e meiga que transmite nas suas palavras ao escrever sobre as marchas, em especial de Ribeirão. Agradeço imenso as fotos da nossa marcha que colocou no blog,estão fantásticas.
E finalmente alguém não critica a nossa originalidade.

Obrigado.
Mariana Silva
Ribeirão

Lucília Ramos disse...

Olá Hugo Silva Fernandes,

Agradeço o convite para assistir e fazer a reportagem fotográfica de um Povo Unido, seja em que altura do ano for e o motivo que o leva a unir-se.

Bem haja pelo exemplo fraterno que transmite.

Com um abraço,
Lucília

Lucília Ramos disse...

Olá Mariana!

Gostei muito desta tua mensagem. Certamente, és uma das meninas que deu o seu passinho na marcha com muito 'swing'.

Adorei ver a vossa marcha, com muito 'estilo', já para não falar da criatividade e originalidade. Aprecio imenso o toque 'ousado' que se pode imprimir a um trabalho e fazê-lo sair da repetição de padrões.

Um beijinho,
Lucília

Hugo Silva Fernandes disse...

Cara Lucília,
Foi com muito agrado que vi que aceitou o convite.
como já iremos iniciar o trabalho da elaboração dos arcos e acessórios em meados de setembro, outubro nessa altura combinaremos dia, e horario
obrigado pela atenção
Hugo Silva Fernandes

Anónimo disse...

Boa noite.
Gostei do que escreveu sobre as marchas populares. Realmente é um espectaculo lindo. Pertenço a marcha de Calendário e gostaria de saber que obteve fotos nossas? é que gostaria, se fosse possivel, te-las.

Obrigado

Lucília Ramos disse...

Anónimo,

Terá de me dizer quem é, mandar email para lhe poder enviar as fotos. Já agora, diga como estão vestidos os da marcha de Calendário.

Eu tenho o meu email aqui no perfil. É só carregar e escrever.

Um abraço,
Lucília

Anónimo disse...

Chamo-me Diana Leitão e sou marchante de Calendário.
O meu e-mail é: diana_raquel13@hotmail.com

Estamos vestidos com saia verde e os arcos em forma de manjerico.

Obrigada pela disponibilidade