Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Reviver o Passado na Bracara Augusta

Quando nasceu Bracara Augusta?
A cidade romana de Bracara Augusta foi fundada, pelo Imperador Augusto, acerca do ano 16 antes de Cristo.A palavra Bracara está associada ao nome do povo - Bracari - que aqui habitava e Augusta do próprio imperador Augustus.


Feira Romana de 28 a 31 de Maio
Organização: Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Braga
Local: Centro Histórico da Cidade
___________________________________________________________

Com vista à promoção turístico-cultural e à sensibilização para a salvaguarda e valorização do património arqueológico da cidade, a Câmara Municipal de Braga organiza, com a colaboração do Museu Regional de Arqueologia D. Diogo de Sousa e o apoio de várias entidades, a Braga Romana – Reviver o Passado na Bracara Augusta.
Com esta iniciativa a autarquia pretende chamar a atenção para a importância dos vestígios arqueológicos relacionados com a ocupação mais antiga da cidade, nomeadamente com Bracara Augusta, fundada pelo Imperador Augusto há cerca de 2000 anos.
Trata-se de um conjunto de eventos que remetem para a história romana da cidade, onde se integram a reprodução de um mercado da época, e muita animação, que inclui espectáculo e um Cortejo Romano.
(Fonte: Câmara Municipal de Braga)

Fotos de 2009

7 comentários:

Branca disse...

Ouvi dizer que andas constipada ainda e com vírus no computador. O meu está lento, às vezes o computador reflete-nos, não é?
Na minha terra havia ruínas romanas, há muito que as deitaram abaixo por causa da febre da construção de casas e estradas. Apetece-me ler um livro do Astérix, como me ria com esses livros! :)

Boa noite, menina Lucynha
Fico a ouvir os Scorpions....

Eduardo Aleixo disse...

Com o devido respeito por Braga, cidade de que gosto, assim como gostei das fotos, e da sua girandulesca apresentação, a verdade é que, e me perdoem os senhores arcebispos, não tenho paz de espírito para me deliciar com blogues, muito menos para comentarices, sabendo que há vírus atacando os computers e principalmente o corpinho - não é pecado, pois não, sr abade, falar em corpinbho - da minha querida morgadita? . Aliás a mana, Nelinha, deve andar preocupada, e com razão, com os blogues! Ela, a mana, tem razão, e o computer também: a ganância de fotografar... rouba os vírus à Natura e eles - os vírus - entram no computer. O corpinho da morgada, depois de copinhos escarlate - com sons de apito dourado - de vinho do Porto, em noites de insónia,fica frágil. O vírus afaga-lhe as entranhas. Ela, a princípio, pensa que é outra coisa... Tosse. E pôe-se a pensar. E então é que vê que não é aquilo é que pensava: é, prosaicamente - ao gosto do abafde - gripe....
Que melhores querida amiga. Depois, hei-de escrever saudavelmente. Que estas coisas se pegam! Mão achas, Nelinha?

Lucília Ramos disse...

Olá meninos da minha alma!

Os meus vírus foram passar férias para outro lado... os do computador, também. Um era o Fredy, o outro, o Trojan. Que se afoguem lá pelo Pacífico.

Regresso ao meu emprego de bloguista.

Um beijo pela vossa atenção.

Edu, a mana Nela anda tb com vírus à solta, daí não querer contagiar.

Beijocas para os meus compadres do sul: a menina dos algarves, o menino dos alentejos.

Lucy

maria disse...

Lucy, não sei o que aconteceu, agora parece que tenho uma quantidade de blogues. Um deles chama-se Liberdade e foi criado em 2006, para poder comentar num certo blog que me tinha fechado a porta, mas não sabia como fazer e não fiz nada, há dias nestas andaças encontrei-o. Tenho outro chamado Concha que foi o nome com que entrei para este, não sei como foi parar a nome de blogue, e tenho outro Palavra Mágica, não consigo apagar nenhum, não encontro o sítio onde diz eliminar blogue. A password ficou sempre a mesma, se calhar daí esta confusão toda. E o computador está tão lento que perco a paciência.
E é isto o que queria dizer, depois dizes qualquer coisa. Mas que grande enredo! Não gosto disto assim, a pessoa parece que tá presa.
Sou eu, Branca
Valha-me Deus, agora sou a maria bloguista, quando ia clikar nos nónimos vejo esse nome

maria disse...

E fiquei maria com a imagem e tudo, mas ela tinha desaparecido! Não digo que é um grande enredo?
Uma pessoa mexe nisto e naquilo, aqui e ali sem saber lá muito bem o que está a fazer e depois dá trapalhada...

Lucília Ramos disse...

hahahahaha... que risota!!!

Allô Maria Branca Concha da Liberdade do Portal Mágico & Cpª

Que enredo mesmo, mulher!

Mas é assim mesmo. Olha eu também tenho montes de blogues, desde os pedaços de céu, da Bonny e do Scooby, da corte Real (este não sei quem o criou!?), do limando ramos, das insónias até chegar a este portugal de maravilhas.

Só podes colocar 'ocultar blogues', mas penso que 'eliminar definitavamente' não dá. Já tentei o mesmo, mas deixa lá... crias outro endereço de email com outra palavra passe e fazes um novo.

Já vou ver a tua casa.
Até já.

JMTinoco disse...

A história é a melhor forma de branqueamento das coisas más. Estou triste. Por estes dias em Braga dão-se vivas a quem nos escravizou, violou as nossas mulheres, roubou as nossas terras e fez dos nossos filhos legionários para defender Roma. Só não conseguiram foi domar a nossa terra. A terra dos brácari. Somente a dedicaram a Augusto."