Fotografia do "Rio Cávado, no Gerês"

domingo, 22 de março de 2009

Dia 21 de Março - Dia dos Incêndios em Portugal!

Este fim de semana caracterizou-se por inúmeros incêndios em matas.
Passei-o em S. Cipriano, no concelho de Resende, onde pude avistar várias colunas de fumo nas serras circundantes.
A ventania que se fez sentir na noite de sábado mais parecia um furacão.
No Domingo, já tudo ardia... na serra do Montemuro e nas promixidades de Marco de Canavezes.
Fiquei deveras intrigada com tanto foco de incêndio espalhado por todo o país, ao ouvir as notícias.
Afinal o que se passa?
Cheguei a pensar que um '11 de Setembro' se tinha espalhado pelas serras de Portugal...
Nem Bombeiros, nem outros cooperadores tiveram descanso, numa altura em que deviam a andar a ensinar crianças a proteger as florestas.
Que triste maneira de se comemorar o Dia Mundial da Árvore ou da Floresta!!!
Ou será que foi uma grande chamada de atenção que a Mãe Natureza nos aprontou!?


Quinze incêndios estavam às 16:35 a lavrar no Norte do país, dois deles no Parque Natural da Peneda-Gerês, segundo a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).
O incêndio florestal na Mata de Albergaria, Terras do Bouro (Braga), no Parque Natural da Peneda-Gerês, teve início perto das 8h00 e está a ser combatido por 56 bombeiros e 19 veículos.
Os acessos ao local do fogo estão a dificultar o combate às chamas, de acordo com fonte da Protecção Civil, dados os declives «acentuados» do terreno, a mata «quase impenetrável» e o vento que se faz sentir.

No conjunto, há 15 fogos a arder no Norte do país, mas três dos quais encontram-se já circunscritos (os de Regoufe e Gilde, do distrito de Aveiro, e o de Travassos, no distrito de Viseu).

Os fogos não colocaram até agora populações em risco, segundo a Protecção Civil.


6 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Que pena Lucy!
Mas o post está magnífico...lindas imagens!
Um beijo.
Astrid

Agulheta disse...

Olá Lucy!Pois isto é realmente uma praga para nós,bombeiros deste país,mas penso que a falta de alguma disciplina para quem utiliza a mata para muita coisa entre as quais pastirio? aí sim deviam ser ilucidados para este problema,no Gerês e Marão? ele não ardeu assim sem mais nem menos,de noite o sol não provoca calor para começar a arder, e iremos empre continuar a culpar todos,deviam sim intervir e castigar quem faz destas coisas...eu fico triste por ver os espaços verdes a ficarem carvões?
Beijinho

maria de fátima disse...

Olá Lucy é sempre triste ver a Natureza a arder.Mesmo assim as fotos estão lindas.Beijinhos.

Nela disse...

Fiquei chocada com as notícias dos incêndios. Vi só hoje no telejornal do almoço, a Peneda-Gerês a arder a grande velocidade - o vento a ajudar - logo a natureza a dar a sua mãozinha, e assim pergunto: quem somos nós neste mundo de catástrofes, às quais não temos "forças" nem "poderes" para as evitar?
Reamente não somos nada, nem ninguém perante o drama natural que se nos depara, e, contra o qual só nos resta apelar a Deus que nos poupe de tais tragédias!

Mas Ele tem os seus desígnios para a humanidade. O homem, por si só, não pode fazer nada contra a MÃE NATUREZA!

Orar é preciso...
Beijo Nela

Eduardo Aleixo disse...

As tuas fotos, mgníficas. Pena esta praga, que se chama incêndios, muitos deles, creio eu, de fogo posto, dado que os interesses monetários são grandes! Tenho visto muitos na zona de Viseu, terra da minha mulher. Dizem que até os helicópteros põem fogo e que depois vão apagá-los! É um crime. Temos um país tão bonito e qualquer dia está transformado em área cinzenta, sem que se ponha cobro a tanta maldade!
Eu passei um fim de semana calmo.
Beijinhos, Cila.
Eduardo

Lucy disse...

Astrid, Agulheta, Fátima, Nela e Eduardo

Pois é, amigos, a situação infelizmente é esta. Causas, quem sabe as reais!? Mas nunca serão boas, porque um incêndio tem sempre origem em algum 'descuido' - se não for um acto criminoso de fogo posto.

Oremos, como diz a minha irmã Nela, para que não seja um prenúncio de algo pior.

Agradecida a todos pelos vossos comentários e apoio.

Um abraço,
Lucy